Judiciário e Resolução de Conflitos

O núcleo temático “Judiciário e Resolução de Conflitos” estuda questões referentes ao Poder Judiciário e a outros meios de resolução de conflitos, como a mediação, a negociação e a arbitragem. 

Com a espantosa expansão das disputas judiciais nos últimos anos, e em face da crescente necessidade de  especialização para resolvê-las, é fundamental que se discutam iniciativas de aprimoramento da atuação estatal e formas alternativas de solução de conflitos. 

O Brasil pode desenvolver técnicas cada dia mais eficientes para prevenir e solucionar conflitos jurídicos suscitados pelos diversos agentes que integram nossa economia. 

Além da temática da funcionalidade do Judiciário, formas de resolução de conflitos (alternative dispute resolution - ADR), como a mediação, a negociação e a arbitragem, que se colocam como alternativas ao tradicional processo judicial,  vem conquistando espaço nas empresas, universidades, escolas de negócios e escritórios de advocacia. São ferramentas que podem apresentar diversas vantagens, como reunir profissionais com o adequado nível de especialização, confidencialidade, celeridade e custos financeiros menores que os de uma longa batalha judicial.